9.7.16

Coisas do Mundo: Macapá



A foto de hoje destaca uma frase que foi pintada nos degraus de uma pequena escadaria que fica junto à orla do Rio Amazonas, no Centro de Macapá

Felizmente fiz este registro, publicando-o em meu Facebook pessoal em 15 de dezembro de 2014; hoje seria impossível, pois tempos mais tarde, em uma reforma feita pela prefeitura na orla, a frase foi coberta de tinta branca. :/ 

Gosto desta foto não só pelo registro dessa frase que a insensibilidade oficial cobriu, mas também por ter conseguido captar o momento exato em que o cabelo da garota de blusa preta ao fundo, na mesma linha da cerca branca, está praticamente na horizontal (remetendo à algo estranha expressão gaúcha deitar o cabelo, o equivalente ao carioca ralar o peito, ou ao comum no Brasil todo puxar o carro; enfim, ir embora). 



2 comentários:

Mário Sérgio Baggio disse...

As palavras da rua, sempre apagadas pela insensibilidade oficial.

Fabio Gomes disse...

Infelizmente isso acontece muito, não é, Mário Sérgio? Em breve vou apresentar outros exemplos aqui no blog. Agradeço a visita e os comentários!