21/06/2018

Semana em Belém

Amanhã chega ao final minha rápida passagem por Belém, iniciada na quarta, 13, ao final do encerramento de minha temporada de praticamente um ano em Maceió. Como falei no post anterior, foi por Belém que se deu minha entrada na Amazônia, há 8 anos. O que eu não disse na ocasião, até por só ter me dado conta disto alguns dias depois, é que Belém é a única cidade onde estive todos os anos desde 2010, nem que seja da forma atual - uma semana em rápida passagem. 

Nesses dias, aproveitei para fotografar lugares daqui pelos quais eu sempre passei, mas nunca tinha parado para registrar. Na quinta, 14, foi a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, no bairro Nazaré, o primeiro onde morei aqui. Já ontem foi a vez do Museu Paraense Emílio Goeldi, que abriga uma rica variedade de fauna e flora da Amazônia, e que eu só tinha visitado uma vez, justamente em minha primeira viagem a Belém - em agosto de 2005 (!). Entre uma coisa e outra, também estive novamente no Mangal das Garças (cenário desta foto e de um ensaio no ano passado) para fazer meu segundo ensaio com a modelo Suzan Arraes, isto no sábado, 16. Parece pouco, mas são mais de 1.100 imagens (fora umas 300 com o celular). 

Abaixo, pela ordem, vemos uma foto da Basílica, outra do Museu e depois do Mangal, todas com a Nikon L330 e inéditas.







O post encerra com fotos que fiz com celular no até agora único evento cultural que cobri esta semana - o lançamento do clipe da canção "Tereza Navalha", da cantora Gláfira. O evento aconteceu na segunda, 18, no Cine Líbero Luxardo. A imagem é uma foto que fiz da própria tela do cinema, com dizeres inseridos através do aplicativo do Instagram para celular. A publicação no meu perfil aconteceu na terça, 19, quando o clipe foi publicado no YouTube.




As fotos feitas nesta semana com a Nikon L330 devem marcar sua despedida, já que ao final da visita ao Museu a câmera passou a apresentar sério problema de foco associado ao zoom. Pelo tempo de uso (2 anos e 1 mês) e por já ter sido adquirida usada, não valeria a pena tentar o conserto mesmo que a Nikon não houvesse abandonado o Brasil no ano passado. De Altamira, onde chego no sábado, pretendo iniciar pesquisa para adquirir um novo equipamento Canon com o qual possa atender minhas clientes e tocar projetos pessoais.


10/06/2018

Rumo ao Norte

É curioso como às vezes percebemos que nossa vida parece obedecer a alguns ciclos. 

Há 8 anos, nesta data (10.6.10), saí de Porto Alegre para morar em Belém. No ano anterior, tinha lançado o blog Som do Norte e logicamente não fazia mais sentido seguir morando no Sul. Foi o começo de sete incríveis anos onde morei entre Belém e Macapá, e onde meu trabalho foi aos poucos migrando do jornalismo cultural eminentemente musical para a retomada de minha carreira como fotógrafo e me permitindo começar a trabalhar com Cinema, uma antiga paixão minha. O ápice deste período é sem dúvida o projeto As Tias do Marabaixo, que desenvolvo desde 2014. 

Exatos oito anos depois (10.6.18), eis-me a voltar para o Norte, após passar praticamente um ano em Maceió. A primeira parada é, justa e novamente, Belém. Devo ficar uma semana na cidade, e de lá ir para Altamira (com previsão de ficar duas semanas) e mais alguns dias em Santarém, de onde parto então para Macapá.


Uma publicação compartilhada por Fabio Gomes Foto & Cinema (@fabiogomes.fotocinema) em

Última foto feita em Maceió, 
hoje pela manhã


A Semana nº 55

Como informei n' A Semana nº 54, meu novo curta, Visitando os Tukano-Dessana, foi selecionado para o festival russo International Ecological Film Festival TO SAVE AND PRESERVE. 

Realizado na cidade de Khanty-Mansiysk, o festival existe há 21 anos e, de acordo com o site do evento, teve sua cerimônia de abertura no próprio dia 4. O texto informa ainda que os vencedores seriam anunciados no dia 7; a lista ainda não está divulgada no site. 

Na página com a lista dos participantes, meu nome aparece seguido da localização (Brasil, Maceió), grafado da seguinte forma: 

131.          Бразилия, г.Масейо, Фабио Гомез

Outros seis filmes brasileiros foram selecionados, de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.  O festival recebeu mais de 300 inscrições de 53 países.


04/06/2018

A Semana nº 54


  • Ontem, 3, a exibição do meu curta Visitando os Tukano-Dessana encerrou a sessão de vídeos do evento EX_TENSÃO, no Rio de Janeiro

  • E às 19h43 de hoje, 4, fui informado que este mesmo curta foi selecionado para o International Ecological Film Festival TO SAVE AND PRESERVE, que acontece nesta semana (!) em Khanty-Mansiysk (Rússia). 

Coisas do Mundo: Pássaros pousados nos fios


Fiz esta foto com o celular em 21 de maio, caminhando por uma rua da Ponta Verde, aqui em Maceió. Mais ou menos no mesmo lugar onde fiz outra foto semelhante, há quase 2 anos, já publicada aqui no blog, também de celular (no caso, o antigo). A antiga, embora menor, foi feita um pouco mais de longe, de modo que passou melhor a ideia de ser uma partitura do que esta. 

Certamente não consegui o efeito pretendido porque com o sol que batia no visor do celular na hora, eu não via praticamente nada do que estava sendo captado, só em casa é que vi que - mesmo sem ficar parecendo tanto uma partitura - a foto tinha de fato suas qualidades, e a postei no Instagram no dia seguinte.