27/05/2020

Rapidola Clássico 17



Leio o poema "Soneto (Amada Filha)", de Bárbara Heliodora (c.1759-1819), dedicado à sua filha Maria Ifigênia. 

Estima-se que o texto tenha sido escrito na década de 1780 (possivelmente 1786). 

Inicialmente atribuído ao marido da escritora, o poeta Alvarenga Peixoto, o poema foi incluído nas "Obras Poéticas" dele. editadas em 1865 - baixe a edição original em https://digital.bbm.usp.br/handle/bbm/4725


25/05/2020

Rapidola 23



Eu filme
Tu escritas
Ele fotografia
Nós músicas
Vós pincéis
Eles em cena

(inspirado em conversa com a Carol Damasceno)

Fabio Gomes
Maceió, 9.5.20


22/05/2020

A Semana nº 122

Novidades do meu site esta semana: 


  • Fotos - Comecei a publicar o último ensaio feito com a modelo Bruna Xavier (foto acima) que ainda não estava no ar. São as fotos que fizemos no Cais de Rondonópolis, em 2016. Veja a primeira parte deste em ensaio em  https://fabiogomesfotocinema.com.br/bruna-cais.html

  • Vídeos - Os dois novos conteúdos audiovisuais da semana são relacionados com o poeta Alvarenga Peixoto, um dos condenados por sua participação na Inconfidência Mineira. O primeiro é um Rapidola Comenta inédito, onde falo do poema "A Lástima". Confira em https://fabiogomesfotocinema.com.br/rapidolacomenta4.html

E o outro vídeo é minha leitura do poema "Lira à Dona Bárbara Heliodora, sua esposa, remetida do cárcere da Ilha das Cobras". Assista em https://fabiogomesfotocinema.com.br/rc16.html

Para receber estas atualizações no Whatsapp toda sexta à tarde, me envie uma mensagem clicando no link: https://wa.me/558281644169?text=Atualiza%C3%A7%C3%B5es

 A próxima atualização do site está prevista para a sexta, 29.

***

  • O conteúdo mais visto do blog nos últimos sete dias foi o post A Semana nº 121, com 9 acessos desde sexta, 15.

  • No Instagram, a foto mais vista também foi postada na sexta: esta cena do ensaio com a cantora Ellie Valente. São 219 visualizações até agora. 


  • Recentemente, o Instagram implantou uma novidade que eu só vim a usar esta semana: assim que você acaba uma live, tem a opção de postá-la de imediato no IGTV. Foi o que fiz na quarta, 20, com a live em que tive como convidada a poeta Mary Paes. Se você ainda não viu (ou já viu e quer rever), clique em https://www.instagram.com/tv/CAbBqB9pIoA/




Agenda: Live no Instagram


20/05/2020

Rapidola Clássico 16


Leio o poema "Lira à Dona Bárbara Heliodora, sua esposa, remetida do cárcere da Ilha das Cobras", de Alvarenga Peixoto (1742-1793). 

O poema foi escrito no período em que, denunciado por sua participação na Inconfidência Mineira, o poeta cumpria prisão no Rio de Janeiro (1789-1792); incluído nas "Obras Poéticas" de Alvarenga Peixoto, editadas em 1865 - baixe a edição original em https://digital.bbm.usp.br/handle/bbm/4725

Na mesma temporada na prisão, o autor escreveu o soneto que li no Rapidola Clássico 12.




18/05/2020

Rapidola 22



Plante árvores
Porque
Vale a pena um verde novo

Fabio Gomes
Macapá, 28.1.15


16/05/2020

Agenda: Live com Mary Paes

Foto Fabio Gomes by Prsni Nascimento
Foto Mary Paes by Mary Paes


Nesta quarta, 20, volto a fazer live de poesia autoral no Instagram, e pela primeira vez terei uma convidada: a poeta nascida no Mato Grosso do Sul e radicada em Macapá, minha grande amiga Mary Paes.

Acompanhem pelo meu Instagram a partir das 16h. 


15/05/2020

A Semana nº 121

Os novos conteúdos do meu site nesta semana são:

  • Fotos - Pela segunda semana consecutiva, trago para você fotos de uma cantora paraense. Depois de Joelma Klaudia, hoje é a vez de você conhecer Ellie Valente, que fotografei no Ver-o-Rio em Belém. No ano passado, depois de uma década como guitarrista (chegou inclusive a tocar numa banda que montei, na minha época de produtor musical), Ellie lançou seu primeiro CD autoral, Crisálida. Confira nosso ensaio em https://fabiogomesfotocinema.com.br/ellievalente.html



O poema clássico da semana é um "Soneto" de Ana Eurídice Eufrosina de Barandas, poeta gaúcha do século 19. O poema faz parte do único livro que a autora publicou, O Ramalhete (1845). Veja em https://fabiogomesfotocinema.com.br/rc15.html


Para receber estas atualizações no Whatsapp toda sexta à tarde, me envie uma mensagem clicando no link: https://wa.me/558281644169?text=Atualiza%C3%A7%C3%B5es 

 A próxima atualização do site está prevista para a sexta, 22.

***

  • O conteúdo mais visto deste blog nos últimos sete dias foi o post A Semana nº 120, visto 7 vezes até agora. 

  • No Instagram, a foto mais vista foi esta com a cantora Joelma Klaudia, postada na sexta, 8. Foram 172 acessos até agora.


  • Na segunda, 11, saiu minha coluna de maio no Digestivo Cultural: Literatura Falada, onde abordo a história das gravações de poemas pelos próprios autores no Brasil, uma história que tem mais de 90 anos. Mencionei o Rapidola Clássico como um dos poucos projetos (são dois - rsrs) que conheço em que poetas lêem textos alheios. O texto já acumula 429 acessos até agora. 



13/05/2020

Rapidola Clássico 15



Leio o "Soneto" da gaúcha Ana Eurídice Eufrosina de Barandas (1806-1863). O poema saiu no único livro da autora, O Ramalhete ou Flores escolhidas no jardim da imaginação, publicado em 1845, reunindo escritos que ela fizera desde a década anterior - ou mesmo antes disso, já que o poema é dedicado a seu marido, o advogado português José Joaquim Pena Penalta, com quem ela se casou em 1822, aos 16 anos, e de quem se divorciou em cartório (algo, embora legalmente possível, raro à época) em 1843. É ele o Jacínio presente em vários dos poemas de Ana Eurídice (que por sua usava Anália para referir-se a si própria). 

Na internet, o soneto pode ser encontrado neste estudo sobre a obra de Ana Eurídice, um artigo de autoria de Hilda Agnes Hübner Flores: https://periodicos.ufsc.br/index.php/travessia/article/viewFile/17099/15645


11/05/2020

Rapidola 21



Tem poema 
Que fica melhor lido 

Tem poema 
Que fica melhor ouvido

Mas não tem poema
Que fique melhor
Esquecido

Fabio Gomes
Maceió, 23.11.19

08/05/2020

A Semana nº 120

Acabam de entrar no ar em meu site:



Para receber estas atualizações no Whatsapp toda sexta à tarde, me envie uma mensagem clicando no link: https://wa.me/558281644169?text=Atualiza%C3%A7%C3%B5es 

 A próxima atualização do site está prevista para a sexta, 15.

***
  • O conteúdo mais visto deste começo de maio no blog foi o post A Semana nº 119, de sexta, 1, acessado 15 vezes. 


  • No Instagram, a foto campeã de acessos foi esta com a modelo oficial Emile Brown Abdon, vista 185 vezes desde sua publicação na sexta. 


  • O ritmo de estreias no YouTube caiu, vamos manter em duas por semana por enquanto. Entraram no ar por lá dois Rapidolas Clássicos: o nº 2, na terça 5  e o nº 3 ontem, quinta 7. Vamos seguir nessa toada até que a publicação por lá emparelhe com a liberação dos novos episódios (o próximo a sair, quarta, já será o 15). 


Agenda: Rapidola Live



Nesta quarta, 6, fiz uma das lives que eu mais gostei até agora. Talvez eu tenha chegado ao formato ideal: pedi a quem estava assistindo para escolher uma palavra, e em seguida eu lia algum poema meu onde ela aparecesse. Uma interação muito legal! 

A ideia foi inspirada no quadro 'Liège Canta' que a cantora Liège fazia até pouco tempo atrás, pedindo para nós seus fãs indicarmos músicas para ela cantar nos Stories. (Saudades do 'Liège Canta', inclusive).

O formato fica mantido então e também o convite a você que escreve ou canta e queira participar da live comigo: basta mandar solicitação. 

Eu particularmente gostei muito de ter feito uma live totalmente roteirizada no dia 21.4, falando da Poesia na Inconfidência Mineira, mas agora comparando essa live do feriado com a de anteontem, percebo que o formato 'escolha uma palavra' casa melhor com a ideia de você estar ao vivo no Instagram, enquanto o programa totalmente roteirizado é mais adequado a um vídeo que eu grave para postar no meu site. 

Espero você então nessa próxima quarta, às quatro da tarde (hora de Brasília). 

06/05/2020

Rapidola Clássico 14



Leio o "Soneto à Cidade da Bahia", de Gregório de Matos (1636-1695). 

Gregório nada publicou em vida e é difícil datar seus escritos, com exceção dos que se referem a acontecimentos dos quais ficaram registros. É o caso deste, em que várias cópias manuscritas que foram conservadas do século 18 (quase todos distando no máximo meio século da morte do autor) fazem menção à ocasião em que veio taxado o preço dos açúcares, o que remete diretamente ao nono verso: Deste em dar tanto açúcar excelente... Parece ser um protesto contra uma medida adotada pelo rei de Portugal Dom Pedro II em 16 de março de 1688, diminuindo as taxas alfandegárias do açúcar e do tabaco, além de tabelar o preço de alguns produtos indispensáveis às atividades dos engenhos. A medida não foi bem aceita na Bahia, então sede do governo-geral do Brasil. O governador-geral Matias da Cunha, em correspondência ao rei datada de agosto de 1688 apresentou os inconvenientes de executar a ordem, e em nova análise da matéria o rei achou por bem que a lei não tivesse “efeito nem vigor na parte que respeita ao preço dos açúcares". A questão acabou se arrastando - um pouco devido à concorrência internacional que o produto enfrentava devido ao açúcar produzido pelos holandeses nas Antilhas, outro tanto pela Guerra dos Nove Anos (1688-97), na qual Portugal aliou-se à Inglaterra, Holanda, Espanha, Suécia, o Ducado de Sabóia e o Sacro Império Romano-Germânico contra a França e jacobitas irlandeses. A concorrência do açúcar holandês fazia baixar o preço no exterior do produto brasileiro; já a guerra, ao tornar mais difícil a chegada do açúcar aos mercados consumidores, contribuía para sua valorização, beneficiando os senhores de engenho brasileiros. Considerando tudo isto, creio que o poema seja de 1688. 

Este soneto é mais conhecido pelo título "Triste Bahia", tendo sido inclusive musicado por Caetano Veloso, que o gravou em seu LP Transa, de 1972. Caetano manteve os quartetos originais, eliminou os tercetos e compôs mais cinco estrofes, mesclando versos seus com sambas de roda tradicionais do Recôncavo baiano, resultando numa faixa de quase 10 minutos (ouça aqui). 



04/05/2020

Rapidola 20



Busque as alegrias,
porque
as chateações já sabem onde te encontrar

;)

(Gomes Fabio)
Macapá, 10.9.14


01/05/2020

A Semana nº 119

Os novos conteúdos do meu site, publicados agora, são:

  • Fotos - Novo ensaio completo com minha primeira modelo oficial, Emile Brown Abdon. Foi a última sessão de fotos que fizemos no ano passado, antes de eu sair de Macapá.  Intitulado Anos 1970, o ensaio pode ser visto em https://fabiogomesfotocinema.com.br/emile70.html


O segundo é da série Rapidola Clássico: minha leitura para "Em Sonhos...", soneto de Cruz e Souza. Assista em https://fabiogomesfotocinema.com.br/rc13.html


Para receber estas atualizações no Whatsapp toda sexta à tarde, me envie uma mensagem clicando no link: https://wa.me/558281644169?text=Atualiza%C3%A7%C3%B5es 

 A próxima atualização do site está prevista para a sexta, 8.

***

  • O post mais visto deste blog nos últimos sete dias foi A Semana nº 118, da sexta, 24 de abril. Foi acessado 108 vezes até agora. Foi também o mais visto em abril, que registrou 723 visitas ao blog. A maioria dos visitantes veio do Brasil (310), seguido dos Estados Unidos, e quem mais direcionou visitantes para cá foi o link da biografia do meu Instagram (é, a coisa funciona).

  • Falando no Insta, a foto mais vista por lá na semana é esta com a modelo alagoana Gabrielle Celestino. Postada também na sexta passada, foi vista 589 vezes até agora - o que a torna não apenas a mais vista destes 7 dias, e sim dos últimos 2 anos! É!


  • Abril foi o mês com mais visitas no meu site desde o lançamento em agosto de 2019, superando o mês recordista anterior, outubro. Foram 209 visitantes únicos, que em 466 viram 792 páginas. O dia com mais acessos foi o sábado, 25, com 61 visitas e 130 páginas vistas. A maioria dos visitantes veio do Brasil (413), seguindo-se a China, Estados Unidos, Índia e Alemanha. O ensaio mais visto foi Liberdade, com Gabrielle Celestino (110 vezes). Quem mais direcionou visitantes para o site foi este blog.