21.8.16

Selfie azulejo


Esta foto eu fiz na sexta, 19, justamente o Dia Mundial da Fotografia, dentro do Museu da Caixa d'Água Velha aqui em Cuiabá

O prédio, construído em 1882, abrigou o primeiro (e por mais de um século único) reservatório d'água que abastecia a capital. Desativado nos anos 1960, em 2007 foi transformado em museu que abriga a memória do saneamento e também abre espaço para mostras de artistas do Mato Grosso. 

Para quem pretende visitar o espaço (situado à rua Comandante Costa, s/nº, no centro da cidade), um aviso: o museu está sem ar-condicionado, o que torna complicada a permanência prolongada dentro dele. Também no momento que visitei (começo da tarde da sexta), não estavam acesas todas as luzes, impedindo que se visse adequadamente todas as obras em exposição. 

A foto foi feita numa parte um pouco mais iluminada do museu, no caso a última das três galerias paralelas de exposição, que no momento abriga uma mostra de fotos antigas de Cuiabá. Temos na imagem então a parede de barro do antigo reservatório d'água; um espelho que lembra um azulejo, com sua moldura craquelada simulando um sol radiante; eu (risos) segurando a Nikon L330; e atrás de mim um pedaço de uma foto antiga da cidade e acima dela um pouquinho da parede que divide a terceira galeria da segunda. Foi sem flash mesmo porque adoto esse procedimento ao fotografar exposições, que era o que estava fazendo no momento (aliás, a impossibilidade de usar flash, somada à pouca luminosidade presente no ambiente, fez com que eu efetuasse muito poucos registros no museu. E mesmo que as pinturas da segunda galeria estivessem numa parte mais iluminada do prédio, preferi não registrá-las por não terem junto delas a identificação da autoria de cada uma). 





Nenhum comentário: