19.9.16

Belezas Culturais: Nanna Reis na MTV Belém



Em junho de 2010, dias após ir morar em Belém, fui convidado pela cantora Nanna Reis para produzir seu trabalho. Fiquei honrado com o convite, só hesitando um pouco por não ter experiência na função (afora um breve período trabalhando com o Clube do Choro de Porto Alegre, mas isso tinha sido sete anos antes). Nanna me convenceu dizendo que ela também nunca tinha sido produzida por ninguém. Foram seis meses de um rico aprendizado; posteriormente, vim a produzir outros artistas de diversos estados. Atualmente, sigo na área produzindo o trabalho da Poeta Amadio (já destaquei aqui, aliás, seu CD Bem que Podia, produzido por mim). 

Fiz a foto publicada hoje durante a entrevista que Nanna concedeu ao MTV Belém em novembro de 2010. Na época a MTV Brasil ainda era bastante ativa e tinha um certo percentual de programação local nas suas retransmissoras pelo país (enquanto em Porto Alegre, por exemplo, havia drops ao longo dia, em Belém a VJ Carol Bambolê apresentava um programa diário com os destaques da música paraense). Quero destacar a linha editorial diferenciada do programa, evidenciada no convite que recebemos para esta participação, já que Nanna não tinha nenhum show programado para os dias seguintes, o que cada vez mais parece ser o único motivo para um profissional da música ser convidado a falar na televisão. 

Após ser entrevistada por Carol, Nanna cantou acompanhada ao violão por Elaine Valente. A instrumentista fazia parte da banda que tocava com Nanna na época, e que ajudei a montar (completavam o trio a baixista Inês Fernandes e o baterista Anderdez). Já não lembro exatamente o que Nanna cantou ao final, mas certamente eram músicas do show Brasilidade, que ela estreara em maio e que cheguei a dirigir em setembro - possivelmente canções de seu pai, Alfredo Reis, como "A Tentação" ou "Nêga" (esta, uma parceria de Alfredo com Antônio Carlos Maranhão). 


Nenhum comentário: