23.9.16

Belezas Naturais: Pau-Brasil


Anteontem foi Dia da Árvore e ontem iniciou a primavera, logo o tema das Belezas Naturais desta semana teria que girar em torno da nossa flora.

Coincidentemente, hoje é também o dia em que este blog completa 3 meses no ar (logo de manhã cedo, atingimos a marca de 9 mil acessos, o que dá uma média de incríveis 100 visitas/dia!).

Para marcar esta data, escolhi apresentar pra vocês estes dois exemplares de pau-brasil existentes na Praça da Bandeira, em Macapá. Desde a reforma da praça, reinaugurada em 4 de fevereiro, há placas indicando o nome de várias árvores ali existentes.

A foto que abre o post mostra o pau-brasil que fica junto à Rua Eliezer Levy, que parece ser bem mais antigo que a outra árvore fotografada, mais próxima da Rua Gen. Rondon. Esta planta apresenta as flores vermelhas que caracterizam a espécie, ausentes na outra (desconheço o motivo dessa dessincronia). As fotos foram feitas hoje ao meio-dia com a Nikon S3500.

Creio que todos saibam, mas não custa dizer: o Brasil tem este nome por causa justamente desta árvore. Entre tantas peculiaridades que temos, esta é mais uma: somos o único país com nome de árvore - e creio que o único cujo gentílico (ou seja, a palavra que designa quem nasce em um lugar) é designa um ofício: brasileiros eram, nos primórdios da colonização portuguesa, aqueles que trabalhavam na extração da madeira do pau-brasil, abundante na Mata Atlântica, do Rio Grande do Norte ao Rio de Janeiro (observem que em geral os gentílicos terminam em -ense: amapaense; ou -ano: alagoano; o único outro gentílico que me ocorre com final em -eiro é mineiro, que também inicialmente denominava uma profissão).

Esta espécie de árvore é nativa do Brasil, e recebeu este nome dos portugueses devido à sua semelhança com outra, também chamada brasil, natural da Ásia, porém mais difícil de encontrar, e valiosa por fornecer a tinta vermelha, cujos preços estavam em alta na Europa no século 16. Por esta razão, tão logo invadiu o atual Brasil em 1500, Portugal se dedicou de imediato a explorar o pau-brasil, só mais tarde ocupando efetivamente nossas terras. Nomeado símbolo nacional em 1978, o pau-brasil é atualmente considerado em perigo de extinção, o que fez com que se começasse a plantar sementes desta árvore em vários estados do país. 

Nenhum comentário: