15.11.16

Uma nuvem cobriu a Superlua



Assim como muita gente, fiquei animado com a possibilidade de fotografar a tal Superlua na noite de ontem, que seria a mais brilhante desde 1948 (quando minha mãe tinha só um aninho) e que não iria se repetir antes de 2034 (quando já estarei com 63 - ainda fotografarei?). Ainda mais que no meu prédio aqui em Macapá há uma sacada que permite boas fotos da lua já no começo da noite. 

Mas, também assim como muita gente, fiquei bastante decepcionado por uma lua que não pareceu em nada maior do que seu tamanho normal que já vimos toda noite no céu. 

Mas enfim, de toda situação podemos tirar algo bom. Aproveitei esse momento em que uma nuvem impediu a visão da lua para fazer estas fotos e criar esta montagem com os versos iniciais do poema "Nuvem", da Poeta Amadio.

  • Já blogamos antes o poema "Nuvem", aqui e aqui.


Nenhum comentário: