26.2.17

Tia Zefa, 101 anos

Hoje é um dia muito especial: a data em que Tia Zefa completa 101 anos! Uma das homenageadas do projeto As Tias do Marabaixo, nasceu em Macapá em 26 de fevereiro de 1916, sendo batizada como Josefa Lina da Silva. Passou a infância no Quilombo do Curiaú (onde teve Tia Chiquinha como irmã de criação); após o casamento, foi morar inicialmente nas proximidades da orla central do Rio Amazonas, de onde as famílias negras tiveram de sair por ordens do governo do Território Federal do Amapá na década de 1940. Desde então, Tia Zefa foi com sua família para o bairro do Laguinho, onde reside até hoje.

Ao longo desse século, Tia Zefa teve atuação destacada como ladronista (ou seja, autora de ladrões de Marabaixo) e cantadeira (intérprete de ladrões de Marabaixo - "ladrão" é como se denomina uma composição de Marabaixo). Em vídeo que gravei no ano passado, Tia Biló interpreta um ladrão clássico composto por Tia Zefa: "Mamãe, Minha Rica Mãe" (veja aqui). 

Tia Zefa também se destaca na área do Batuque - inclusive no curta em que eu a homenageio, Tia Zefa no Dia da Consciência Negra 2014, ela canta várias bandaias de Batuque ao lado do Grupo de Batuque Filhos do Criaú (assim como "ladrão" é uma composição de Marabaixo, "bandaia" é uma composição de Batuque). 

O centenário de Tia Zefa foi motivo de grande festa no ano passado; a comemoração iniciou em missa oficiada na Igreja de São Benedito, no Laguinho, e entrou pela noite numa festa realizada num salão de eventos de Macapá, reunindo familiares e amigos de Tia Zefa, contando é claro com muito Batuque e Marabaixo.

Para homenagear Tia Zefa neste grande dia, publico aqui as cinco fotos da exposição As Tias do Marabaixo, feitas em 2014, em que ela aparece.



Tia Zefa (em pé) abençoa Tia Biló (sentada), sua afilhada



Tia Zefa canta acompanhada de Nena Silva,
destacado músico do Amapá e neto de Tia Chiquinha


Esta foto de Tia Zefa tem me rendido muitos elogios e chegou a ser 
lançada em cartão-postal e camiseta, em tiragens já esgotadas



Tia Zefa canta ladrões com Elísia Congó;
em segundo plano vemos Tia Chiquinha (de chapéu)


Nenhum comentário: