10.2.17

Tia Biló, 92 anos

Hoje, 10 de fevereiro, é uma data muito especial. Há 92 anos, nascia Benedita Guilherma Ramos, mais conhecida como Tia Biló. Filha de Mestre Julião Ramos, Tia Biló viveu com a família na área ocupada hoje pela Praça Isaac Zagury até meados dos anos 1940, quando o governo do recém-criado Território Federal do Amapá desapropriou as casas das famílias negras que viviam na orla central do Rio Amazonas em Macapá e ofereceu novas moradias em outros pontos da cidade. Tia Biló mudou-se então com sua família para o novo bairro do Laguinho. Seu pai, Mestre Julião Ramos, foi o pioneiro do Marabaixo no Laguinho; após seu falecimento, em 1958, Tia Biló tornou-se a anfitriã das festas do Ciclo do Marabaixo realizadas na casa da família, na rua Eliezer Levy.

Para homenagear Tia Biló, publico aqui as cinco fotos da exposição As Tias do Marabaixo, feitas em 2014, em que ela aparece.


 Tia Biló tomando a bênção de Tia Zefa, sua madrinha



 Ao fundo, na parede, banner em homenagem
a Mestre Julião Ramos, pai de Tia Biló






  • Veja também meu curta Tia Biló, que em novembro abriu a Mostra Cine Redemoinho, em Angra dos Reis (RJ)

Nenhum comentário: