10/04/2017

Devorando cultura

Não costumamos misturar muito em nossa linguagem conceitos de Cultura e Gastronomia, salvo raras exceções como Que delícia de filme/livro (mas é bem raro, convenhamos) ou, já mais frequentemente, Devorei o novo livro do Fulano de Tal, muito bom, não conseguia largar. Lembro de um livro que devorei, uma biografia de Villa-Lobos por Maria Maia, lançada em 2000: cheguei em casa, joguei minha mochila prum lado, a roupa pro outro e só após devorar as pouco mais de 100 páginas da obra fui pensar em fazer qualquer outra coisa (me preocupar com o jantar, por exemplo). 

Mas eis que Lidiane Souza, ao participar no dia 2 de abril do Ver-a-Bóia no Mercado Ver-o-Peso (Belém), inovou, devorando o CD Universo Paralelo, do cantor Danniel Lima. A foto, postada ontem no meu Instagram, já foi curtida pelo próprio Danniel. 


Nhac!


2 comentários:

Monique Berçot disse...

"Que delícia de filme"
"Que tempo gatinho"
HAHAHAHA eu modificando a forma normal de falar ..

Fabio Gomes disse...

Bem nessas rsrsrs